___O mercadão 9 de Julho, anteriormente denominado Mercadão Municipal, já foi um centro de comércio que reuniu vários empresários japoneses com suas bancas de frutas e verduras, e uma grande concentração de floriculturas. Era essencialmente um comércio de produtos da terra, e quando os supermercados ainda não abriam aos domingos, uma salvação para as donas de casa.
___Do passado restaram as melhores lembranças, como a venda do Compadre Arnaldo, a velha barbearia, motivo de brincadeiras: corte de cabelo, sentado 2 réis, em pé 1 réis, das horas de folga dos barbeiros preenchidas com as modas de viola, do Juvenal Sapateiro sempre sorridente, da caipirinha de cajú que só a Da. Maria sabia preparar...
___Mas, o Mercadão 9 de julho não morreu, pelo contrário, ganhou vida nova, está totalmente reformado para se tornar hoje um dos pontos mais agradáveis para os marilienses e visitantes. Com fachada e interior reformulados, projeto da Cimino e Scheibel, ficou mais atraente e muito convidativo, ganhou um mix de lojas que oferece comida pronta, telemensagens e mensagens ao vivo, cestaria, oficina de costura, produtos orientais, queijos e frios em geral, sorveteria, doceria, artigos esotéricos, galeira de quadros, aquários, peixes ornamentais, aves e sementes, e as floriculturas que continuam dando um colorido muito especial ao ambiente.
___É lá que você vai conhecer outa especialidade da nossa terra, o famoso pastel de ovo, especialidade do Hélio e do seu Hirata.
 
 
 
 
 
___O prédio do Mercadão 9 de Julho foi construído em 1928, no mesmo local onde funciona hoje. Após uma reforma, feita no ano de 2000, estamos prontos para mais décadas na paisagem da cidade.
 
 
 
Aberto de Segunda à Sábado das 8h às 18h e aos Domingos das 8h ao 12h